Tag Archives: perder-se

PORNOSUSPENSE

7 jun

PORNOSUSPENSE

O ERRO Grupo estará em Curitiba em intercâmbio com a Companhia Silenciosa, entre os dias 08 e 12/06, para mais uma etapa do projeto Salsichão no Boquerão/Tainha na Prainha pelo Rumos Itaú Cultural – Teatro. As atividades abertas ao público serão realizadas no dia 10 e 11. No dia 10, sexta-feira, o grupo realiza duas ações com participação da Companhia Silenciosa, denominadas PORNOSUSPENSE, em espaços específicos escolhidos em território curitibano e no sábado, dia 11, realiza uma conversa sobre o trabalho e as pesquisas realizadas no ERRO.

Salsichão no Boquerão/Tainha na Prainha, parceria entre o ERRO Grupo, de Florianópolis, e a Companhia Silenciosa, de Curitiba, viabilizada pelo Programa Rumos Itaú Cultural Teatro – Edição 2010/2012, tem como base de pesquisa a cartografia e a ativação de diferentes espaços das duas cidades.

Após uma primeira viagem de intercâmbio na capital paranaense para a cartografia de espaços de ação na cidade, em março de 2011, o ERRO Grupo retorna a Curitiba para realizar, em espaços específicos que fizeram parte da primeira atividade, uma série de intervenções urbanas de ativação e compartilhamento com o espaço e a comunidade local.

PORNOSUSPENSE é uma série de ações criada pelo ERRO Grupo para dialogar com as suas experiências espaciais e sensoriais em solo curitibano e com as reverberações do intercâmbio com a Silenciosa. As ações, além de interferirem no fluxo cotidiano da cidade, propõem uma espécie de apresentação das observações do ERRO sobre as suas experiências na cidade aos seus espaços e ao cidadão curitibano.

Um dos locais de PORNOSUSPENSE é a Rua Amintas de Barros na altura do CCTG – Teatro Guaíra, um espaço tão importante para a construção cultural de Curitiba. A Silenciosa propôs ao ERRO a cartografia desse lugar e agora o grupo devolve ao espaço as suas impressões sob forma de intervenção. Na sexta-feira dia 10/06, portanto, às 18 horas será realizada esta parte da série. A outra parte acontecerá nesse mesmo dia, às 12 horas (meio-dia), na Praça Carlos Gomes.

No dia 11/06/11, sábado, das 15h às 18h na Praça Zacarias, no Centro, o ERRO realizará uma demonstração e conversa sobre os trabalhos e as pesquisas do grupo ao longo dos seus 10 anos de prática. Esta atividade será aberta e gratuita como as ações do dia 10/06.

PORNOSUSPENSE opera a presença cênica de modo a criar e subverter as suas próprias estratégias de mediações e extensões da atuação dos atores/performers no espaço público. A série de intervenções advém do estudo de possibilidades e potencialidades da presença cênica que evidenciam as vias e níveis de altura de deslocamento, invasão e ocupação durante a ação nas ruas, mas também expressam a sua própria ilusão de solução contemporânea. A proposta do ERRO é explorar os níveis de percepção e interpretação sobre as situações próprias da rua, através da arquitetura, dos ângulos de visão, das mediações e reverberações das problemáticas geradas pelo fluxo urbano e por sistemas situacionais oriundos das fricções cotidianas das pessoas que transitam na cidade.

O deslocamento, a ocupação e a invasão propostos por PORNOSUSPENSE tentam extrair o potencial cênico de espaços que compõem a urbe e a paisagem de Curitiba, sejam estes construídos ou não, e autorizados ou não, para as intervenções que estão concentradas primordialmente na questão da presença cênica, suas possíveis mediações e suas múltiplas relações, estético-políticas, com as cidades. A série de ações se constrói tendo como referência as teorias de Hakim Bey, Guy Debord, Marc Augé e Johan Huizinga, e alguns trechos de escritos de George Bataille e Qorpo Santo, que expressam a capacidade do cidadão performativo de distinguir ou não entre o real e o virtual e entre o público e o privado. Nessa série de ações em percurso, elaborado a partir de uma ideia de sub-turismo, ou turismo do devir, o ERRO reflete e interfere através de PORNOSUSPENSE.

Anúncios

COMPORNOSUSPENSE

3 jun

Qual o nosso rumo agora???

13 abr

Oi, meu povo do Sul!!!

Eu já queria ter escrito bem antes pra vocês, mas fiquei num siricutico tamanho por não ter casa pra morar, que não foi possível. Enfim, poeira baixada (talvez até demais!!!), já se passam pouco mais de três meses que começamos a por a mão (as mãos, e pés, e corações, e corpos todos) na massa.
Vivemos o caos, tentamos organizá-lo. Mas de dentro, tudo parece mesmo gigante, imenso. E eu acho que é tudo grandioso mesmo, do tamanho da potência das nossas pesquisas e possíveis criações. Se nós quiséssemos algo fácil, pequeno e altamente controlável, provavelmente não teríamos nos escolhido mutuamente pra fazer esse Rumos juntos. Né???
Pra dar andamento as nossas coisas (que são muitas), proponho que a gente faça realmente aquela organização que foi proposta de duplas, e podemos nos dar um tempo de aproximadamente um mês (eu creio) pra desenvolver algo: alguma discussão, conceito, proposta, ou tudo isso junto. Cada dupla tendo autonomia pra determinar seu ponto de partida. O que vocês acham???
Sugiro que tentemos fazer esse exercício sem a necessidade de uma reunião com todos pelo Skype previamente. Pode ser mais potente, surpreendente.
E aí?? Quem quer trabalhar comigo???
Bóra???

Instruções Para O Sexto Dia Do Erro Grupo Em Solo Curitibano. 28 de março de 2011.

28 mar

ERRATA: Novas Instruções Para O Primeiro Dia Do Erro Grupo Em Solo Curitibano. 23 de março de 2011.

23 mar

Bem Vindos à Curitiba!!! Instruções Para O Primeiro Dia Do Erro Grupo Em Solo Curitibano. 23 de março de 2011.

23 mar

elogio aos errantes

19 mar

Não poder orientar-se em uma cidade não significa grande coisa. Mas se perder em uma cidade como quem se perde em uma floresta requer toda uma educação.
Walter Benjamin

 

 

elogio aos errantes.

texto completo na página 117:

Corpos e Cenários Urbanos

 

 

 

JACQUES, Paola Berenstein. Elogio aos errantes. In: JEUDY, Henri Pierre; JACQUES, Paola B. (org.) Corpos e cenários urbanos: territórios urbanos e políticas culturais. Salvador: EDUFBA; PPG-AU/FAUFBA, 2006. Pg. 117 a 139.

%d blogueiros gostam disto: